Me visitam

fevereiro 09, 2010

Honestamente


Fase Bukowiskiana, raiva, amargura e sarcasmo da vida de mim e de tudo que esta a minha volta, chega de ser iluminadinha e agradecer os fora que recebo dizendo - foi bonito ter entrado na minha vida estraçalhando meus ideais do que seria um relacionamento e ido embora depois de uma semana, convenhamos deveríamos ter ido embora depois do primeiro beijo, era morno e não encaixava mas a gente sempre acha que tem jeito e depois coitadinha ela não pode receber um não agora, foda-se ela e seus problemas, vamos lá diga logo, não insista em alguma coisa se não está a fim de se envolver até a cabeça.
Tá legal foi bom me tirou o foco mas porra, eu tenho que sentir raiva em algum momento certo, não sou assim tão legal, gosto tanto de você queria mesmo manter você por perto e nem sei por que afinal não rolou, pra que errar tanto assim mas sou mulher e me iludo, amo sofrer por amor é sempre bom ter aquela cara de sofredora, olhar perdido, suspirar baixinho enquanto rola outros papos mais interessantes , porem tudo tem limite e o meu já deu, to pulando fora desse barco a deriva, to partindo pra outra, agora prefiro sentir raiva, nada vai resolver mesmo, pernas tremendo frio na barriga e investigação de sua vida, nada resolve.
Sabe o que mais detestava em estar contigo, a mim mesma, era outra pessoa me transformava, me detestava quando estava contigo, eu miava eu não sou assim, sou forte, inteligente não sou mulherzinha nunca fui, sei rir de mim mesma, das minhas mancadas do que eu digo sem ter certeza , sei rir de mim mesma mas como você estava o tempo todo fazendo "mistério" não sabia como me comportar, estava tentando te agrada, idiota eu, não dá pra agradar alguém sendo outra pessoa.
Mas enfim, de qualquer forma isso passa, sempre passa, a raiva, o amor, a fase etilica, essa idealização, essa decepção com as pessoas, o que não pode passar é a vontade de sempre conhecer o que há de novo, nem deve passar a vontade de estar com pessoas que a gente gosta a não ser que elas não gostem de estar conosco, se impor a alguém é que é trágico, não vou me impor a ninguem nunca mas venha já passei por varias fases e agora estou pronta pra ser apenas tua amiga, porque somos honestos um com o outro e eu fantasio vivo um filme, não foi sua culpa, foi minha tambem, não era tão real assim pra mim, eu interpreto bem quando posso, podemos recomeçar pra ser interessante.







"Algumas pessoas nunca enlouquecem. Que vida de merda elas devem ter."

Um comentário:

Sara Melissa disse...

seu blog é ótimo, estou te seguindo ok?
se puder seguir o meu, ou só dá uma passadinha por lá eu agradeço.

beijos

http://poesiasdesaramelissa.blogspot.com/