Me visitam

julho 09, 2010


Não sabem quem eu sou nem de onde eu vim. Só conseguem enxergar o que eu revelo. nunca olham por baixo do pano. se eu rio, acham que estou alegre. E não sabem que às vezes quando eu rio com força demais, é que estou à beira do desespero.

Um comentário:

Poeta del Cielo disse...

Verdade mesmo nunca saben cuando uno chora mesmo querendo chorar y teniendo mesmo por fora que rir....

lindo

Abracos
otima semana
obrigado pela visita amei