Me visitam

fevereiro 15, 2011


"Tenho encontrado muitas pessoas, porém não encontro gente... Há um vazio dentro de cada um, um processo de fechamento em sentimentos. Encontro sorrisos, porém daqueles que expõem apenas os dentes, mas não a alma. Encontro verdadeiras tocaias, e não corações. Reservas insistentes da solidão..."


Fico me perguntando desde quando é assim, ou a gente ta romantizando um passado de gente melhor do nós somos?

2 comentários:

Juuh Nascimento disse...

Adorei o post, bela reflexao!

Realmente andamos em tempos em que podemos passar varias vezes na frente de uma pessoa no decorrer do dia, que essa mesma pessoa nao nos reconheceria. As pessoas andam sempre muito preocupadas consigo mesma, sem se importar com o próximo, em amparar, dar uma mao amiga.

Em tempos assim deveríamos valorizar mais aqueles que nos amam e cercam.

Tenha uma linda noite!
Bjs & abraços!

Andressa disse...

Reservas insistentes da solidão. Parece mais comigo do que com as pessoas ao redor :)