Me visitam

abril 17, 2010


Todos os dias quando subo a rua do meu trabalho, alguém me presenteia com um papel perfumado, costumo colocar esse papel no bolso pra que seu perfume me acompanhe, acho muito bonito isso, sei bem quais são os motivos reais do presente, mas ludicamente poderia dizer que a moça sempre traz um sorriso no rosto, e que bonita é sua função, porque as pessoas fecham os olhos, sentem o perfume do papel, sorriem e seguem.
A moça do perfume é como a vendedora de flores, o vendedor de algodão doce, o moço do realejo, o malabarista do sinal, crianças fantasiadas de fadas ou super heróis, a moça do perfume e todos os outros são como o arco-íris num dias de chuva, nos fazem parar por alguns segundos de acreditar que a vida é cinza e dura, eles devolvem a cor e a leveza para o dia, muita sensibilidade talvez peiguisse quem sabe mas a vida as vezes e tão difícil que é preciso se agarrar a qualquer coisa pra fazer algum sentido pra ver alguma beleza.





"Tenho apenas duas mãos e o sentimento do mundo..." -

2 comentários:

* Mari Sottomaior disse...

Seria tudo tão mais bonito se a gente visse beleza no mundo, mesmo aonde é difícil de enxergar. :)
:*

Celso Andrade disse...

meu amigo... tudo belo por aqui!

Bacana...
viva a atrede de rabiscar pensamentos!

parabéns pelo blog!