Me visitam

abril 15, 2012

Eu gosto da vida, eu não tenho a que comparar, eu não tenho certeza de que haja alguma coisa além desta,  mas eu gosto desta vida, eu me interesso pelas coisas, pela configurações que elas tem, eu acho que de tanto se repetir  a vida  já segue um roteiro pré definido que as vezes nos surpreende.
Eu amo umas pessoas, as vezes eu me sinto muito atingida por suas atitudes, as vezes eu me sinto muito mal por  estar perto delas, as vezes eu desisto de tentar ser igual, mas tem dias que a vida me puxa a orelha, me mostra que é preciso concentração, é preciso  foco, é preciso dizer a verdade com relação aos meus sentimentos, as vezes me dou conta de quanto é curta a passagem por aqui, e de como o tempo passa rápido quando já estamos chegando ao final.
Eu não quero ir sem dizer adeus, eu não quero ir sem ter sido verdade, mesmo que no decorrer dos dias as relações se tornem superficiais, que a gente vá se perdendo de quem já foi indispensavel, mesmo que não tenha volta pra certas coisas, quero ter certeza que cada um fez eu  exatamente quem eu sou, cada pessoa que possou pela minha vida construiu comigo o personagem que sou hoje, e quero que eles saibam que sinto falta de cada um como se fossem eles uma parte que me foi tirada ao longo do tempo, deixando uma dor do membro fantasma.
Tem muita coisa pra acontecer, tem muita gente pra conhecer, tem toda a estrada pela frente, essa é só mais uma parada para pensar a respeito, pra voltar pro caminho, pra segurar na mão de quem tá ficando pra trás,  pra lembrar que é de amor que a gente é feito, que por amor que gente vive, e se for mesmo pra morrer que seja com a certeza de que nunca deixou de dizer e nem demonstrar todo o interesse em cada um,  que nessa batalha foi o amor quem venceu, que da saudade que sentiremos um do outro que sobreviveremos, que não importa mais nada além do que fez nosso coração bater.



Não me leve agora
Eu não quero ir embora
Tenho tanto o que fazer
Tenho um filho pra ter
Tenho motivos pra crer
Que ainda não é hora

Um comentário:

Mikaelly Sampaio disse...

Adorei seu blog, muito parecido com que eu escrevo e sinto. Bjs na alma.